Leite materno

Nesta Semana Mundial da Amamentação, veja como se alimentar para manter o seu leite sempre saudável
Por Redação
Leite materno

Não é apenas na gestação que uma boa alimentação é imprescindível para as mamães. Durante a amamentação, o que se come deve ser balanceado e saudável, já que as substâncias dos alimentos podem passar para o bebê através do leite. “Os alimentos ingeridos pela mãe são digeridos, passam pela corrente sanguínea e tudo o que está dentro do corpo da mãe é passado para o leite”, explica a Dra. Lélia Cardamone Gôvea, membro do Departamento de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SP). Ela também conta que essa condição varia muito de mãe para mãe e de bebê para bebê. “As mulheres que possuem uma boa digestão provavelmente não sofrerão com a influência do que comem no leite materno”, explica.

Nesta Semana Mundial da Amamentação, que vai do dia primeiro de agosto ao dia 5, veja dicas de alimentação para manter o leite materno sempre saudável.

Melhor não

Não há uma regra para o que a mamãe pode ou não comer. Alguns alimentos são mais suscetíveis a causar distúrbios gástricos, mal-estar e processos infecciosos. “É importante que elas evitem alimentos muito condimentados e enlatados, com pimenta e à base de carne de porco”, recomenda a Dra. Ângela Maggio da Fonseca, professora associada do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).

Massas, frituras, doces, leite condensado e cervejas escuras não contribuem em nada para a produção do leite, além de só engordarem. Já a Dra. Ceci Carvalho Lopes, assistente da Clínica de Ginecologia do Hospital das Clínicas (HC) da FMUSP, prefere que as mamães não consumam bebidas alcoólicas nem chocolate durante o aleitamento, já que isso pode deixar a criança irritadiça. “Alguns nenéns desenvolvem certas alergias devido ao que a mãe come, por isso, é importante uma alimentação saudável”, explica Lopes. Os refrigerantes devem ser ingeridos com menos frequência, pois podem ser um dos causadores das terríveis cólicas de seu bebê.

Há também a possibilidade de alguns alimentos aromatizarem o leite e, com isso, não agradar à criança. Uma importante recomendação é em relação aos medicamentos. Todo e qualquer medicamento ingerido enquanto a mamãe amamenta pode conter substâncias desnecessárias e prejudiciais. Antes de tomar qualquer remédio, é necessário consultar um médico, mesmo que seja para um simples comprimido para dor de cabeça.

Onde encontrar as vitaminas essenciais?

Vitaminas são necessárias à saúde da mãe e do bebê, podendo ser adquiridas em simples alimentos do dia a dia. Veja abaixo algumas das vitaminas essenciais ao nosso corpo.

Vitamina A: presente em verduras, frutas, leite e derivados.

Vitamina D: encontrada nos raios solares.

Vitamina E: em alimentos como trigo, aveia, gema de ovo, leite, manteiga, vegetais frescos, frutas e carnes.

Vitamina K: presente no espinafre, alface, batata, tomate, óleos vegetais, gema de ovo e frutas.

As vitaminas C, PP, ácido fólico e do complexo B (B6, B12 e B1) também são importantes. Por isso, é essencial manter uma alimentação balanceada para que não falte nutrientes e vitaminas para o seu organismo.

Caso haja falta de alguma, seu médico poderá prescrever complementos vitamínicos, mas cuidado com o excesso de vitaminas A, B, C e K. “Quando dissolvidas na gordura, elas podem passar para o leite”, explica Lopes.

Melhor sim

O leite é composto basicamente de água, proteína e gordura. E, para produzi-lo, a mãe precisa estar sempre bem hidratada, fazendo uma dieta equilibrada. “Chás, água, leite e iogurtes são essenciais para a mãe sempre ter leite, de preferência, desnatado”, recomenda a Dra. Michelle Rasmussen Martins, nutricionista da Divisão de Nutrição e Dietética do Instituto Central do HC da FMUSP.

A hidratação não precisa vir  necessariamente da água – sucos naturais são também muito bem-vindos. “Muitas mulheres acreditam que não devem comer alho e alimentos fermentativos, como o repolho, o brócolis e a couve. Nada disso prejudica a produção do leite ou o bebê, muito pelo contrário, eles são nutritivos e devem ser consumidos. A alimentação saudável é essencial para garantir a saúde da mãe e a do neném”, explica Martins.

Matérias Recomendadas