Chá de bebê com graça

Como a futura mãe e seus convidados podem se divertir de forma saudável
Por Redação
Reprodução
Reprodução

Um chá de bebê deve ser um dia de alegria para a futura mãe, não de apreensão. São bem-vindas apenas brincadeiras saudáveis, afinal, uma gestante já passa aperto suficiente durante nove meses e amigas que são amigas de verdade não vão querer chatear a gravidinha. Conheça algumas brincadeiras que vão ajudar a enriquecer a programação dessa data tão especial.

Mães, avós, amigas, tias. Com muitas gerações reunidas no evento, os jogos que resistem ao tempo acabam prevalecendo. Mas a modernidade também já chegou ao chá de bebê. "Na realidade, muitas brincadeiras são clássicas, principalmente porque, além de amigas, o grupo é formado por vovós, titias e amigas das vovós, que sempre querem resgatar uma ou outra brincadeira da época da gravidez delas. Por outro lado, a modernidade chegou com a participação do futuro papai e seus amigos", diz Keila Cristiuma, diretora da Sempre Materna, empresa de cursos para gestantes.

Durante o entretenimento, alguns pontos devem ser considerados pelas organizadoras do chá e repassados aos convidados. “Por mais que o chá de bebê seja uma brincadeira entre os amigos mais próximos, é importante lembrar que nem sempre a gestante está se achando a mulher mais linda do planeta. Com isso, sugerimos que as amigas evitem expor a gravidinha e sua barriga publicamente. Vale também lembrar que, durante o período gestacional, a mulher fica muito sensível emocionalmente e fisicamente. Então, grandes emoções devem ser repensadas, assim como o uso de produtos químicos com corantes e essências”, reforça a diretora.

Para que a gestante possa aproveitar seu dia ao máximo, Cristiuma recomenda que o evento seja planejado, de preferência, para o segundo trimestre. “Não é regra, mas sabemos que, do ponto de vista clínico, a melhor fase da gestação é o segundo trimestre, pois os sintomas do início da gravidez já passaram e a ansiedade e o medo que ficam em torno das últimas semanas ainda não se aproximaram. Outro ponto positivo é que, neste período, já é possível saber o sexo do herdeiro e, na maioria dos casos, ainda se tem disposição para participar do evento desde a sua organização”, diz.

Veja algumas sugestões de brincadeiras dadas pela especialista

• A mamãe deve adivinhar o presente e quem trouxe e, quando errar, deverá cumprir uma tarefa que será escolhida pelos convidados. Na versão atual, o pai também pode - e deve - pagar mico.

• Um rolo de linha deve passar por todos os convidados, que deverão cortar um pedaço tentando calcular o tamanho da barriga da mamãe. Quem conseguir adivinhar ganha um brinde.

• Para que todos entrem no clima, compre vários potes de papinhas para bebês e colheres descartáveis. Retire o rótulo e faça com que os convidados tentem descobrir o sabor de cada uma delas.

• Entregue uma fitinha para que cada convidado coloque no braço. A mãe deve determinar uma palavra proibida (pode ser “bebê” ou o nome do bebê). Durante o chá, a pessoa que disser a palavra proibida deve dar a fitinha para outra pessoa. No final, quem tiver mais fitinhas também leva um prêmio ou castigo.

• "Montando o bebê": pegue várias revistas de bebê, tesouras papel sulfite e cola. Os convidados recortam figuras de bebê e devem montar como imaginam o futuro integrante da turma. Cor e formato dos olhos, tamanho do bebê, tipo de cabelo ou algumas características marcantes e específicas dos pais devem ser levadas em consideração. Em seguida, os convidados colam na folha de papel sulfite o protótipo do bebê e os futuros papais, sem saber quais fotografias são de determinado grupo, vão decidir qual ilustração mais corresponde ao seu bebê. Caso não saibam o sexo do bebê, vale tentar acertar também. Cada participante do grupo ganhador recebe um brinde.

• Barrigão: pegue etiquetas adesivas e um novelo de lã e vá passando, junto com uma tesoura, entre os convidados. Peça para que cortem um pedaço de lã que corresponda ao tamanho da circunferência da barriga da futura mamãe e coloquem uma etiqueta adesiva dobrada no pedaço de lã, com seu nome. Depois, cada participante dá o seu pedaço para a gestante, que irá experimentar e escolher a que mais se aproximou ou acertou. O brinde podem ser balinhas.

•Fralda Suja: pegue uma fralda descartável e suje de chocolate derretido para fingir que o bebê sujou. Coloque uma música e comece a passar a fralda entre as participantes. Quando a música parar, quem estiver com a fralda sai da roda e a brincadeira continua até sobrar um com a fralda na mão. Essa pessoa terá que cantar uma música de criança.

Matérias Recomendadas