Estilo

Roupas para disfarçar 13 imperfeições do corpo: esconder celulites, gordurinha das costas e mais

Escolher o que vestir não é fácil, principalmente se alguma parte do corpo não nos agrada totalmente. Para a nossa sorte, existem várias peças que podem ajudar a acabar com alguns complexos e disfarçar imperfeições. Por isso separamos 13 dicas que podem ser verdadeiras aliadas na hora de compor o look:

Para disfarçar seios grandes – O uso de blusas claras com decotes redondos, que sejam mais soltinhas no busto são indicadas para o verão. Já para o inverno, são recomendados tons escuros e decotes “V” não muito acentuados, segundo a consultora de moda Amália Piffero. Linhas verticais, blazer aberto, camisa com botões e blusas soltas também são boas opções, de acordo com a personal stylist Valquíria Silva.Quadril reto – Peças com caimento suave e solto no tronco e com detalhes abaixo da cintura ajudam a criar mais volume no quadril. Além disso, o uso de acessórios para desviar a atenção para o centro do corpo, na altura do pescoço e do colo.Baixinhas que querem alongar – Looks de uma só cor em conjuntos, vestidos ou macacões são favoráveis a aumentar a silhueta das baixinhas. Saias e calças no comprimento clássico são bem-vindos, mas é preciso evitar os croppeds, alerta Amália.Gordurinhas nas costas – Blusas mais soltas e com tecidos mais encorpados são bem indicadas. Outro recurso positivo é usar um top de malha por baixo da blusa.Para altas não alongarem demais – Optar pelo visual de duas cores ou o uso dos croppeds é recomendado para não alongar demais a silhueta.Aumentar o bumbum – A melhor opção para este biótipo é o cós alto. De acordo com a consultora, além desta peça, roupas com recortes coloridos pespontados e bordados na parte de trás são ótimas escolhas.Para dar a impressão de seios maiores – Bojos e recortes ondulados são ideais para este tipo de corpo. É bem-vindo o uso de volumes acima da cintura, como estampas, bolsos, texturas, pregas, bolsos, lenços e echarpes. Outra peça legal é a blusa tomara que caia.Coxas grossas – Para equilibrar o volume da coxa, Valquíria recomenda o uso de calças de corte reto e flair. Muito magra – Detalhes horizontais, listras, bolsos, cintos largos e barra italiana são boas opções para as mais magrinhas.Disfarçar o culote – Peças como a calça de boca reta, pantalona, macacão solto e a saia evasé longa são indicadas para disfarçar o culote.Gordurinhas na barriga – Desvie a atenção para os ombros. Aposte em blusas e casacos soltos, camisa por dentro da calça. Dê preferência para saias.Pernas muito finas – São recomendadas saias e calças de comprimentos mais longos, como a calça pantalona. Além disso, para dar mais volume às pernas, aposte em caimentos suaves e soltos no tronco.
Crédito: Posthaus/Divulgação

Calças estampadas para gordinhas: como usar?

Preto é básico, vai bem com tudo, pode ser usado tanto num look "total black" como para combinar com alguma peça estampada e, além de tudo, roupa preta emagrece. Por tudo isso, a cor acabou se tornando um verdadeiro curinga no guarda-roupa das mulheres, especialmente as que estão acima do peso.

Crédito: Posthaus/Divulgação

Listras horizontais engordam? Veja dicas para mulheres plus size

Por muito tempo a moda para gordinhas se resumia a roupas pretas, para disfarçar o peso, e bem largas, para não marcar ainda mais o corpo. Mas isso vem mudando e, atualmente, tanto as estampas  como as listras horizontais, antes consideradas vilãs por terem a fama de "engordar" a silhueta, já vêm sendo usadas.

Crédito: Posthaus/Divulgação

Truques de moda para gordinhas: como usar peças estampadas

As mulheres plus size estão conquistando cada vez mais espaço e muitas marcas já possuem em suas coleções peças em tamanhos maiores. Mas, na hora de montar os looks, permanecem algumas dúvidas sobre como as gordinhas devem se vestir. Uma das principais é em relação às estampas e à ideia de que roupas estampadas engordam.

(foto/Getty Images)

Cortes para cabelo fino: 4 apostas da celebridades para dar volume aos fios

Para quem tem os cabelos finos, produzir um penteado mais elaborado ou volumoso pode ser um grande desafio. No entanto, alguns cortes em especial são grandes aliados para dar mais movimento aos fios. Veja quais são os principais cortes para quem tem cabelo fino e que as celebridades já apostaram.

Franja com volume – quem é fã de franjas também pode usá-las para dar mais volume aos cabelos finos. A dica é repicar muito os fios e estender a franja também para as laterais. A irregularidade e as ondas que ela forma farão com que o cabelo pareça mais cheio.Chanel desfiado - as camadas irregulares e desconectadas deixam os fios mais armados e elegantemente desarrumados. Para não quem não tem muita paciência para arrumar o cabelo, o corte é uma boa opção.Longo em camadas – para quem prefere manter os fios longos, o corte em camadas é o ideal. Peça para o cabeleireiro aparar camas bem finas nas pontas, assim você foge daquele aspecto reto que os cabelos finos costumam ter.Lob – o corte, parecido com o famoso long bob, ajuda a dar mais forma e volume aos cabelos finos por conta da assimetria discreta na altura dos ombros. Para complementar o corte, você pode apostar também em uma franja lateral e desfiada.
(foto/Thinkstock)

Como usar salto alto sem ter dor no pé: 7 dicas para aguentar a festa toda

Só de pensar em passar a noite usando salto alto em uma festa você já começa a sentir dor nos pés? Então saiba que usar esse calçado tão sensual e feminino não precisa ser uma tortura, basta seguir algumas dicas práticas e simples para escolher o melhor modelo e manter o conforto por mais tempo.

Escolha o modelo certo – sapatos de bico fino tendem a apertar os dedos, então procure utilizá-los quando não precisar passar muito tempo de pé. Já os saltos finos e mais altos devem ser acompanhados da meia-pata para ficarem confortáveis por mais tempo.Escolha bem antes de comprar – antes de comprar um novo sapato, confira se o tamanho é o mais adequado e ande um pouco pela loja para verificar se o modelo aperta ou machuca em algum lugar, se não escorrega e se o material é bem firme.Atenção à postura ao andar – manter uma boa postura ao caminhar de salto ajuda a evitar lesões e dores na coluna, além de te deixar mais elegante.Use palmilhas – elas ajudam a aliviar a pressão do salto, além de deixar o pé melhor acomodado e a parte interna, mais macia.Prefira os saltos mais grossos – esses são os que mais te deixam estável e favorecem o equilíbrio. Se você vai precisar passar muitas horas de pé, esses são os mais indicados.Treine antes de sair – caminhar um pouco pela casa antes de estrear oficialmente o sapato ajuda a modelá-lo melhor ao pé e a lacear o tecido. Além disso, você consegue se acostumar melhor ao equilíbrio necessário para ficar em cima desse salto em especial.Sente de vez em quando – procure não passar a noite toda de pé. Quando possível sente-se por alguns minutos para aliviar a pressão nos pés.

Óculos de sol das famosas: 15 modelos arrasadores que elas amam usar

Óculos de sol já deixaram de ser um simples acessório para assumir papel principal na composição dos looks. Grandes, coloridos, espelhados ou clássico: o que importa é escolher um modelo de óculos cheio de charme para esbanjar estilo por aí.

Luiza PossiCléo PiresFernanda SouzaAndréia HortaIsis ValverdeGrazi MassaferaPaola OliveiraSabrina SatoAnittaMarina Ruy BarbosaCarolina DieckmannGiovana AntonelliBruna MarquezineGiovana EwbankThaila Ayala
Thinkstock

5 sinais de que você está obcecada por compras

Um presentinho aqui, um agrado ali... Encontrar diversos motivos para se jogar nas compras pode ser sinal de descontrole e compulsão. Apesar de perfeitamente normal aproveitar uma liquidação de vez em quando, perder a mão na hora de gastar pode comprometer (e muito) a saúde financeira. Veja alguns sinais que devem ser observados:

Você não passa um dia sem comprar, pelo menos, algo pequeno. Seja por ansiedade, consumismo ou até mesmo para aumentar a autoestima, é comum se entregar às tentações de um shopping. Entretanto, além de problemático atrelar as emoções ao ato de comprar, o hábito ainda pode prejudicar muito a saúde financeira.Comprar pela internet é uma maneira de eliminar o tédio. Apesar do dinheiro que circula pelas compras online ser invisível, os boletos acabam chegando em casa e, de gasto em gasto, é possível criar um rombo no orçamento do lar. Controle a tentação de entrar em sites de compra quando estiver em casa.Você se sente arrependida depois das compras. Sentir-se culpada por ter levado muitas peças para a casa pode ser um sinal de descontrole. O ideal é fazer uma lista de prioridades e avaliar o que é realmente necessário.Qualquer ocasião é motivo para fazer compras. Início ou término de namoro, promoção ou demissão do trabalho: tudo pode ser um motivo para sair comprando. Apesar de permitido e prazeroso presentear-se de vez em quando, fazer isso repetidas vezes é sinal de descontrole.Roupas novas com etiqueta. Seu armário está lotado de roupas sem uso ainda etiquetadas? Talvez seja melhor reavaliar as necessidades de compra, organizar as peças e segurar o cartão de crédito por algum tempo.
Thinkstock

Como ser mais estilosa? 5 dicas para se sentir mais confiante

Ter estilo não é apenas uma questão de fazer boas escolhas na hora das compras, mas também é um exercício de autoconhecimento. Através das roupas, é possível expressar a própria personalidade, além de transmitir a imagem que gostaríamos.

Analise seu armário. As peças que aparecem com maior frequência em seu armário tendem a dizer qual seu estilo preferido. Seja básico ou romântico, ele serve de inspiração para novas compras.Cores preferidas. Procure pensar em qual a paleta de cores do seu armário. O exercício é simples: basta anotar quais são os tons que mais aparecem e quais combinam entre si. Isso ajudará nas próximas compras.Qual é a sua rotina? Definir os compromissos que costuma ter e lugares que frequente também são bons indicativos de estilo. Essas informações servem como base na hora de estabelecer se uma peça terá uso ou não antes de comprá-la. Acessórios. Adereços, sapatos e bolsas complementam os looks e podem colaborar com seu estilo. A vantagem é que, geralmente, são mais baratos do que peças de roupas.Qual personalidade você quer transmitir? A roupa pode ser um bom meio de expressão, mas nem pense que é necessário se limitar: um armário variado e bem selecionado permite que explore todas as mulheres que existem dentro de você.
Crédito: Thinkstock

5 hábitos que lotam seu guarda-roupa de peças que você não vai usar

Não é preciso ter um guarda-roupa cheio para vestir-se bem. Quando o assunto é roupa, é fácil encontrar pessoas que, mesmo com gavetas e prateleiras abarrotadas, acabam usando sempre as mesmas peças e looks.

Tendências: apostar em tendências de moda não é sempre uma má ideia. Contudo, é preciso ter cautela na hora de fazer compras seguindo essa lógica. Peças clássicas não caem em desuso e são mais fáceis de combinar. Além disso, nem sempre as roupas da moda caem bem na sua silhueta.Lojas diferentes: outra dica para evitar o mau hábito de ter peças etiquetadas no guarda-roupa é priorizar as mesmas lojas na hora de comprar uma peça nova. As fashionistas garantem que é muito mais fácil combinar roupas do mesmo designer ou estilo.Promoção: irresistíveis, as liquidações estão na lista de erros que enchem o closet de peças que você não vai usar. Antes de comprar a peça, o segredo é pensar se você a compraria se ela não estivesse mais barata.Estampas: estampas caem bem com peças neutras e deixam o look mais alegre. Contudo, é difícil combinar estampas diferentes em um mesmo look. Por isso, antes de comprar, eleja as suas estampas favoritas e certifique-se de que há peças neutras para compor o look com a nova aquisição.Peças repetidas: não é porque você ama uma peça de roupa que precisa comprar várias unidades dela. Hábito comum, comprar uma peça de roupa antes que a outra esteja velha suficiente para ser descartada também enche o guarda-roupa de itens desnecessários.