Saiba quais alimentos secam a barriga e quais vão direto para a cintura

Nutricionista conta o que é preciso comer para secar gordurinhas
Por Redação
Thinkstock
Thinkstock

Ter uma barriga lisinha e sem pneuzinhos pulando para fora da calça é tudo que as mulheres querem. Além da prática de exercícios, é fundamental ter alguns cuidados com o corpo e, principalmente, com os alimentos que são ingeridos diariamente.

Leia também

Sabrina Sato revela treino para deixar pernas e bumbum durinhos

Suplementos para ganhar massa muscular ajudam a emagrecer

Exercícios para coxas: personal ensina a fazer em casa

A nutricionista Karyna Pugliese comenta sobre alguns tipos de alimentos que ajudam a secar as gordurinhas e alerta sobre os que vão direto para a sua barriga. Veja abaixo:

Alimentos que secam a gordura

Com baixo índice glicêmico

“Esses alimentos se transformam gradativamente em açúcar na corrente sanguínea e evitam a alta liberação de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas que, em excesso, estimula o corpo a armazenar gorduras”, explica Karyna. De acordo com ela, as fontes são: cereais integrais, como a aveia, centeio, trigo e cevada; leguminosas, como o feijão, ervilha, lentilha, grão de bico e soja; hortaliças; legumes, exceto cenoura e beterraba; frutas com casca ou bagaço, como a laranja, maçã, pera, ameixa; carnes magras; e laticínios desnatados e sem açúcar, como o iogurte light.

Fibras solúveis

“Auxiliam no processo de emagrecimento, pois junto com água esse tipo de fibra forma um gel que promove a sensação de saciedade”, comenta. As principais fontes de acordo com Karyna: frutas cítricas (toranja, laranja, mexerica), aveia, feijões, leguminosas (grão de bico, ervilha, lentilha) e algas.

Gorduras do tipo ômega 3

“Ajudam, pois são anti-inflamatórios naturais e, portanto, combatem a gordura corporal, um processo inflamatório do organismo”, explica. Renata cita como fontes os peixes de água fria, como o atum, sardinha e salmão, e a linhaça.

Proteínas magras

“Consomem mais calorias na hora da digestão, pois estimulam o metabolismo e têm efeito térmico”, conta. As fontes são os peixes, aves sem pele, filet mignon, clara de ovo e laticínios desnatados.

Outros

Chá verde, alimento antioxidante que acelera o metabolismo e elimina toxinas; água, que limpa e desincha; canela, gengibre e pimenta, que aceleram o metabolismo por aumentarem a taxa metabólica do corpo.

Evite os alimentos que vão direto para o seu abdômen

Com alto índice glicêmico

“Transformam-se rapidamente em açúcar no sangue e favorecem o estoque de gordura na barriga. São as balas, doces, bombons, chocolate, bolos, pães brancos, biscoitos recheados, entre outros”, conta Karyna.

Gordura trans

“Prejudicam o metabolismo. Estão contidas em bolachas recheadas, sorvetes, salgadinhos e outros alimentos”, diz.

Alimentos ricos em sódio

“Ajudam a reter líquidos e incham a região abdominal. São eles os embutidos, como o peito de peru, salame, mortadela, presunto; defumados como a carne seca, bacalhau; temperos prontos concentrados; salgadinhos industrializados; queijos; entre outros”, comenta Karyna.

Refrigerantes

“Possuem calorias vazias, ou seja, eles não fornecem nutrientes e, além disso, são ricos em açúcar e gás, que dilata o estômago”, explica.

Bebida alcoólica

“Além de não ter nenhum nutriente, o álcool possui alto valor calórico”, diz.

Matérias Recomendadas