Corpo e Dieta

(Thinkstock)

Para definir é preciso sentir dor depois do treino, garante personal

Se você faz academia ou pratica algum esporte, já deve ter sentido aquela dor muscular pós-treino. Essa dor, que costuma aparecer um ou dois dias após o exercício, foi denominada pelos especialistas como Dor Muscular Tardia (DMT), e o mais curioso: ela pode ser um sinal de que todo seu esforço fez efeito e só assim será possível conquistar músculos. Quem garante é o personal trainer e bicampeão carioca e brasileiro de fisiculturismo, Carlos Vidal.

Thinkstock

Truques para endurecer o corpo pulando corda meia-hora por dia

De brincadeira na infância a exercício físico, pular corda tem muitos benefícios e é excelente para fortalecer as pernas, queimar gordurinhas e tonificar os músculos. Esse exercício que é uma ótima opção para quem quer economizar ou não tem tempo de ir à academia, queima cerca de 600 calorias em 30 minutos de prática.

(Thinkstock)

9 motivos incríveis que te farão se matricular em uma aula de luta

Ter um corpo definido é o desejo de muitas mulheres, mas nem todas têm afinidade com a musculação ou aulas de ginástica, precisando procurar outras atividades. No entanto, não é difícil encontrar um exercício que ajude a queimar calorias e deixe o corpo sarado: a luta emagrece e proporciona muitos outros benefícios para o corpo. Ainda não se convenceu? Conheça 9 motivos para se matricular já em uma aula de boxe, muay thai ou kickboxing.

Mais condicionamento: o kickboxing também melhora o condicionamento físicoVocê fica com o corpo durinho: segundo a professora da Bio Ritmo Academia, Letícia Klimas, os golpes do boxe ajudam a modelar a silhueta: “Aula de luta é ideal para eliminar a gordura corporal e reduzir medidas. O exercício tem como principal finalidade definir o corpo”, esclareceSua panturrilha fica torneada - a especialista da Bio Ritmo afirma que o boxe fortalece braços, ombros, costas, abdômen e panturrilhas, pois o exercício faz com que a aluna salte na ponta dos pés enquanto se esquiva dos golpes do adversário, e exige bastante agilidadeA cintura afina: o boxe também afina a cintura, pois os movimentos aplicados trabalham muito o abdômenSua postura melhora: o boxe fortalece a musculatura lombar, corrigindo desvios posturais Você terá mais concentração: o kickboxing promove a perda de gordura corporal e a definição dos músculos. Além disso, melhora a coordenação e aumenta a concentraçãoSua barriga seca: <a href="http://www.bolsademulher.com/corpo/marina-ruy-barbosa-aposta-no-kickboxing-para-secar-conheca-a-luta-poderosa" target="_blank">famosas como Marina Ruy Barbosa apostam no kickboxing</a> para secar. A atividade queima até 800 calorias em uma hora de aula Menos problemas respiratórios ou de circulação: o kickboxing melhora o condicionamento cardiovascular e respiratórioVocê queima muitas calorias: o <a href="http://www.bolsademulher.com/corpo/deborah-secco-faz-muay-thai-e-seca-ate-mil-calorias-por-aula-conheca-luta" target="_blank">muay thai seca até mil calorias por aula</a> e seus movimentos trabalham, sobretudo, braços, ombros e costas
Thinkstock

Shake de hibisco com chia é milagreiro contra gordurinhas

Poderoso termogênico e antioxidante, o hibisco é grande aliado na queima de gordura, diminui o inchaço abdominal, combate o envelhecimento celular e acelera o metabolismo.  O chá de hibisco é o truque da Letícia Spiller para manter o corpão, mas para variar um pouco que tal prepara-lo de um jeito diferente? A receita de shake de hibisco leva três ingredientes para turbinar a bebida: a banana, a amora e a chia.

Thinkstock/ Reprodução Instagram

Suco rosa pré-treino que dá um turbo no seu metabolismo e seca rápido

Um suco rosa termogênico é o truque de Daniella Cicarelli para apresentar um corpão aos 36 anos. As curvas da modelo são resultado da bebida poderosa aliada a muita malhação e um cardápio saudável. Em entrevista ao blog Tips 4 Life, da musa fitness Gabriela Pugliesi, Daniela revelou a receita do suco pré-treino que foi elaborado pela sua nutricionista, Patricia Bertolucci.

(Thinkstock)

Caldo verde magro da Lucília Diniz tem apenas 151 calorias

O caldo verde é uma receita que faz sucesso durante o inverno e acaba sendo uma grande tentação para quem está de dieta. Porém, se alguns ingredientes forem substituídos, a sopa ganha uma versão light e até quem está em busca da perda de peso pode comer. 

(Thinkstock)

6 truques da Dieta Volumétrica para emagrecer comendo mais

Para quem tem dificuldades em fazer dietas por causa de suas restrições, o desafio é buscar um método onde não se faça tantos sacrifícios. A dieta volumétrica é uma boa opção para emagrecer comendo, uma vez que é permitido comer a mesma quantidade, ou um pouco mais, desde que os alimentos sejam menos calóricos e promovam mais saciedade.

É comum nas dietas que o arroz seja cortado ou reduzido do cardápio, mas manter o volume e reduzir as calorias pode ser uma boa alternativa. A dica é: cozinhe uma xícara de arroz e em outra panela um pé de couve flor. Pique a couve-flor em um tamanho bem pequeno, similar ao tamanho do arroz. Depois é só misturar os doisLiliane recomenda a consumir os alimentos sólidos: “Outra Dica é evitar bater e liquidificar a dieta. Por exemplo, ao invés de suco no café da manhã, coma a fruta em pedaços. Esta dica também vale para as sopas, onde em sua maioria se consome cremes”. Até se pode fazer um creme inicialmente, mas depois acrescente lascas de frango e pedaços de legumesSe você deseja consumir massa, pode substituir a macarronada com molho vermelho, pela pela massa integral, incluindo vegetais. Nesta troca você aumentará as fibras, e assim deve gerar mais saciedade. Você conseguirá reduzir as calorias mantendo o mesmo volume no pratoOutra opção é encaixar ao longo do dia chás e gelatina diet, porque aumentam o volume, mas sem agregar caloriasTrocar o tipo de carne também é uma opção: “A substituição da carne vermelha por peixe também reduz pela metade as calorias numa mesma porção”“Além de truques como incluir um iogurte junto à fruta no lanche da tarde, ou cenoura ralada e ricota no pão integral, aumentando proteína e promovendo saciedade”, orienta a nutróloga
Thinkstock

Tempo que você leva para comer pode ser o culpado pelos seus quilos extras

Gases, inchaço, má digestão, correria do dia a dia e ganho de peso podem deixar qualquer mulher irritada, e a causa desses sintomas é mais simples do que parece e pode passar despercebida durante o dia. Comer rápido engorda, e para evitar os temidos quilinhos extras e problemas de saúde é importante fazer as refeições com calma para ativar a sensação de saciedade e reduzir o consumo de alimentos.

(Thinkstock)

Teste de 3 segundos para saber se seu pneu é gordura ou inchaço

Olhar no espelho e se deparar com uns pneuzinhos a mais: que atire a primeira pedra quem nunca passou por isso! Mas ao analisar o que está “sobrando” na região da barriga, muitas mulheres ficam na dúvida se o problema é retenção de líquido ou o acúmulo de gordura. Se essa questão te parece confusa, saiba que um simples teste pode provar de onde vem as dobrinhas extras. 

(Thinkstock)

5 exercícios que trabalham o corpo todo e enxugam 800 calorias em 40 minutos

Para aqueles que buscam diminuir medidas e definir pernas, barriga e bumbum, mas não têm muito tempo para praticar atividades físicas, uma boa escolha é apostar em exercícios rápidos que trabalham todo o corpo. De acordo com o professor de educação física da Smart Fit, Cássio Amaral, este tipo de treino proporciona a queima de até 800 calorias dentro de 30 ou 40 minutos.

Elevação lateral com elástico: mantenha-se em pé com a perna direita à frente, pisando sobre a faixa elástica, com os braços estendidos ao lado do corpo, segurando cada extremidade do acessório comum das mãos para elevar lateralmente os braços, até atingir a altura dos ombros. Volte devagar, controlando o movimento. Este é um exercício fácil e dá resultados de forma rápidaElevação pélvica com pé na bola: deite com os braços estendidos ao lado do corpo; uma perna flexionada, com o pé apoiado na bola, e a outra estendida para o alto, mantenha o abdômen e os glúteos contraídos, elevando os quadris até o corpo formar uma linha reta dos ombros ao joelho, volte sem encostar a lombar no chão e repita. De acordo com o profissional, esse exercício é indicado para trabalhar os glúteos, a parte de trás das coxas e a barrigaAvanço com halteres: mantenha os pés paralelos na largura dos ombros. Dê um passo à frente com a perna direita, flexionando os joelhos até formarem 90°, sem ultrapassar a ponta do pé. Repita o movimento até finalizar a série e depois refaça o exercício com a outra perna. Segundo Cássio, a atividade envolve toda a musculatura da coxa: quadríceps e posteriores, além dos glúteosFlexão com bola: em posição de flexão, apoie a mão esquerda no chão e a direita sobre a bola, flexione os cotovelos até a linha dos ombros e desça o corpo. O professor destaca que ombros, quadris e calcanhares devem ficar alinhados para alcançar um melhor resultado. Este exercício é bom para o peitoral, tríceps e ombroDesenvolvimento com barra: fique em pé, com os pés paralelos na largura dos quadris, joelhos levemente flexionados, abdômen contraído e pegada aberta. O professor orienta que se posicione a barra sobre o trapézio - músculo localizado na região posterior do pescoço e parte de cima das costas. A ideia é subir a barra até estender totalmente os braços por trás da cabeça. Cuidado para não forçar o pescoço para a frente. Volte devagar à posição inicial, controlando o movimento. Estes são bons exercícios para trabalhar deltoides, trapézio e tríceps. A atividade só precisa de uma barra, inicialmente sem peso